Food-se? what the fuck is that!

HomeFood-se TrendsFood-se? what the fuck is that!

Food-se? what the fuck is that!

Já pensou em como, às vezes, você simplesmente se apaixona por uma marca e ignora totalmente outra, seja na hora de ir ao mercado ou na hora de escolher um lugar para comer na rua? É nisso que eu penso o tempo inteiro. À frente do Food-se, ajudo as marcas a descobrirem quem são e a comunicarem seus propósitos da melhor forma. Tudo para você, no fim, se apaixonar. Aos poucos, comecei a entender que a construção de marcas impactava diretamente nas vendas, isso me deixou com água na boca, então nasceu o Food-se!

“À frente do Food-se, ajudo as marcas a descobrirem quem são e a comunicarem seus propósitos da melhor forma…”

Pra esclarecer algumas duvidas recorrentes, resolvi responder algumas perguntas que recebi, veja se alguma dessas é a sua e bom apetite;

1- O que é o conceito de branding gastronômico com o qual o Food-se trabalha e vem democratizando?

No Food-se, trabalhamos para significar marcas e momentos de consumo conceituando cada ponto de contato, respeitando o DNA de cada marca. Desenvolvemos o que chamamos de Atmosfera de Marca, para que o empreendedor consiga também seguir o seu posicionamento.

2- Quais fatores fazem uma marca se destacar num cenário gastronômico ultra competitivo?

As “verdades da marca”, do negócio. Quando digo verdades é que toda marca deve construir sua história em cima de suas verdades. Estamos vivendo a era do propósito. O cliente já escolhe o que comer de forma que responda seus PQs – o porquê devo escolher comer ali, e não aqui.

 

3- É possível dizer que a gastronomia em si também já se tornou uma marca desejada?

Sim, uso muito a frase de um amigo que atua em branding de luxo segmentado a moda: “Food is the new Fashion” (Comida é a nova moda). De fato, hoje somos percebidos pelo que comemos, por nossas escolhas a mesa, e não mais apenas como nos vestimos.

Agora aproveita as dicas pra se enfooderar e ligue o FOOD-SE! 

Postar comentário