Dark table: A experiência do jantar as cegas

A gente ta babando faz tempo, é de cair os olhos da cara! Ou quase isso!

Oferecendo uma oportunidade de experimentar refeições de uma maneira totalmente diferente, o jantar cego chegou  em Vancouver, para proporcionar uma noite inesquecível, a mesa escura irá te levar em uma jornada culinária, através de um território inexplorado, onde a família, comida, bebida e amigos será tudo redescoberto.
Existem outros restaurantes com jantares as escuras em cidades como Londres, Paris, Nova York, L.A, Montreal, Pequim…

O conceito veio originalmente de um pastor cego em Zurique, na Suíça, chamado Jorge Spielmann. Você sabia? Ele convidava as pessoas para o jantar, e pedia os seus convidados a usar uma venda nos olhos enquanto comiam, para compreender e compartilhar como era sua experiência gastronômica. Aparentemente, seus convidados realmente apreciaram a experiência.


Sem a visão, os outros sentidos são intensificados, ganhando uma nova percepção da realidade. A Dark Table é uma viagem ao desconhecido. E quem serve os pratos nessa experiência são todos cegos ou com deficiência visual e treinados por alguns meses para aprender o layout do restaurante.

Ai você pergunta pra gente! C0mo funciona essa experiência?

Primeiro em uma sala iluminada, o cardápio é oferecido, que por sinal não perde em nada para os cardápios dos melhores restaurantes de Vancouver. Depois da difícil decisão do que comer, o cliente é levado para uma sala escura. Onde não são permitidas tecnologias de produção de luz, incluindo lanternas, celulares ou relógios luminosos.   

Agora já adaptado e imerso na escuridão? Entao é só ter um bom apetite! Quem descobriu essa experiência foi a Food-se Hunter Marcela Brandão, que vive em Vancouver e compartilhou com a gente. Legal, né?

Localizada em: Kitsilano, no 2611 W4th, oferecendo cozinha excepcional de Vancouver, excelente serviço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: