Efeito chapa-quente: o “boom” das hamburguerias

Batizamos carinhosamente de Efeito Chapa-Quente pra falar do “boom” das hamburguerias. Modismo ou não, a verdade é que não param de surgir hamburguerias no Rio de Janeiro. Lugares onde o produto principal é o hambúrguer e a experiência não pode ser nada fraca.

Um relatório especial, lançado esse ano, estudou o mercado de hamburguerias da cidade maravilhosa, mapeando suas operações. São 37 marcas com 62 lojas. Ah, foram consideradas os lugares que priorizam o produto, com um conceito mais fast casual, já que o hambúrguer é vendido em diversos outros estabelecimentos, inclusive nas redes de fast food, que ficaram de fora.

Pequenos negócios não foram mapeados, ou seja, tudo pode ser bem maior do que o que será mostrado.

Mas por que os cariocas estão se apaixonando por esses lugares?

Bem, hambúrguer é uma paixão mundial. A proposta de gourmetizar algo tão simples e torná-lo uma experiência. Sim, a experiência dos lugares ( diferentões e algumas vezes com mimos) e, claro, o sabor. O sabor é totalmente diferente dos nossos conhecidos ”podrões” e fast -foods. Aquele gostinho de comida de verdade, não é mesmo?

T.TBurger

Das marcas com mais de 3 lojas, apenas uma não nasceu no Rio. Fry’s com 6 lojas, Hare Burger com 7 lojas, T.TBurger com 5 lojas, The Fifties com 5 lojas e Andy’s com 3 lojas. Lembrando que falamos apenas da cidade do Rio.

Segundo a pesquisa se tirarmos as lojas com mais de um ponto de venda, ainda existem 31 marcas. Perfil um pouco atrás mas muito semelhante ao de São Paulo.

A pesquisa ainda destaca o T.T Burger como forte candidato a expansão fora da cidade e estado, seguido pelo Hare Burger e o Fry’s , que lidera com maior número de lojas e já possui algumas lojas fora do estado.

Fry’s

Falamos de produtos artesanais, então possivelmente muitas marcas não passarão de sua primeira loja.

Manter uma produção de qualidade, em larga escala, não é nada fácil.

O mercado de hamburguerias cresceu muito, as primeiras fizeram sucesso muito rápido e um dos maiores desafios para as próximas é não ser o famoso ”mais do mesmo”. O Hare Burger, por exemplo, nadou contra a corrente e apostou em um menu totalmente vegetariano. E olha, tem sido sucesso até para os apaixonados por carne.

Hare Burger

E aí, o seu negócio é hambúrguer? Dois hambúrgueres, alface, queijo, olho especial , salada, picles em um pão de gergelim … não é mais o sonho de consumo das pessoas. O público está cada dia mais exigente. Querendo sabor, diversidade e boas experiências. O mercado está crescendo e como seu hambúrguer vai se destacar,heim?

Fonte e dados do relatório você conhece e pode adquirir agora no: Infood

Matéria do Food-se com dicas de 10 lugares pra comer hambúrguer no Rio de janeiro , e agora, te inspirar: Ligue o Food-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: