Ilhas do Pacífico estão proibindo alimentos industrializados

Um arquipélago de Vanuatu, um dos mais remotos de todos, o Torba se declarou uma guerra aos alimentos industrializados.

Um arquipelogo no oceano Pacifico, composto por 13 pequenas ilhas, habitadas por uma população de cerca de 10 mil pessoas que falam 17 línguas indígenas diferentes. A província de Torba é uma das partes mais remotas do arquipélago de Vanuatu, no oceano Pacífico, a leste da Austrália.

Apesar de Vanuatu fazer parte da rota turística internacional, Torba permanece relativamente isolada, o que faz com que seja frequentemente descrita como “a província esquecida”. A dieta local tradicional inclui caranguejos, peixes, mexilhões, inhame e frutas como o abacaxi.

Apesar disso, a região passou a conviver nos últimos anos com “uma infiltração de ‘junk food’ do exterior”, afirmou o líder do conselho turístico local, Father Luc Dini, em entrevista concedida ao jornal britânico “The Guardian”. Entre os alimentos destacados por ele estão doces, peixe enlatado, bolachas e arroz que são uma fonte de carboidrato que substitui as raízes tradicionalmente consumidas.

Resultado de imagem para provincia de torba

O governo local anunciou que está se declarando a primeira “província orgânica” do arquipélago, e passará a barrar esses alimentos importados. O objetivo é proibir, nos próximos dois anos, a importação de qualquer alimento estrangeiro, ou seja, barrar produtos industrializados para a população como um todo.

E você acha a ideia muito radical?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: