Você aceitaria um café feito por um portador de HIV?

A epidemia deu início, na década de 80, e até 2012, mais de 650 mil pessoas haviam sido infectadas com o vírus HIV. E por isso (ser uma doença que tem grande taxa de incidência) que o mês de dezembro é voltado para conscientização e combate ao vírus. E sobre tudo contra o preconceito.  E ação dessa vez usou uma das maiores paixões mundiais, o café.

Para mostrar que a pessoa que contraiu a doença não é diferente de ninguém e que, com o simples contato, não é possível transmitir a doença. Na china foi criada uma ação, para desmitificar isso, que se trata de um pequeno caminhão distribuindo cafés feitos por pessoas com HIV.

Vamos ver o video e entender como funcionou:

A mensagem, portanto, serve para mostrar que o café é igual a  todos os outros, e o fato da pessoa que fez ter ou não o vírus do HIV, não  faz nenhuma diferença e não causa nenhuma chance de transmissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: