Histórias servidas com vinho

Tem dias que a gente precisa da companhia de um bom livro e uma garrafa de vinho. Essa ideia se tornou ainda mais encantadora com o projeto italiano que junta o prazer da leitura ao de uma boa taça de vinho. Chamaram de “librottiglia” — que em italiano é uma combinação entre as palavras libro (livro) e bottiglia (garrafa).Resultado de imagem para Librottiglia

A ideia na realidade é uma proposta para que se aproveite mais os momentos off-line. E é exatamente o que o nome sugere pequenas histórias servidas em garrafas de vinho. Hoje em dia lemos no celular, nos “tablets” e computadores, porque não ler  mini edições de papel em uma garrafa?

“Depois de anos de discussão sobre o analógico versus digital, queremos propor uma alternativa: o enológico em vez do digital”, dizem os autores em entrevista ao Design Boom.

Imagem relacionada

O projeto  é resultado de uma parceria entre a Reverse Innovation e Matteo Correggia Winery. Para as histórias foram recrutados três autores: Patrizia Laquidara (com o conto “Um sapo na barriga”), Regina Nadaes Marques (com “Amo-te. Esquece-me) e Danilo Zanelli (“Homicídio”). É literatura em garrafa.

E ai qual seria sua favorita ?

Comentários em “Histórias servidas com vinho”

  1. Haluaisin tietoa Helsingin luikomampaamousta/ missä kampaamossa itse asioit. Hiuasiat muutenkin kiinnostaisivat (nimenomaan sinun näkökulmasi, nettihän pursuaa tietoa kuitenkin): nopoo, CO, jne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: